Grupo 1 - 16/10/07

Eles vêem um carinha magrelo, baixinho, fraquinho e fácil de bater. Ele usa uma armadura de soulsteel. Devon olha para ele com a arma em punhos. O cara olha para ela e diz "ei, moça! O que você quer por aqui?". Devon diz que ela não veio ali falar com ele. Ele pede que ela fale com ele. Ludicris saca suas espadas.

Devon roda sua espada e diz que quer passar, e pede licença. O cara diz que o chefe dele pediu pra ele não deixar eles saírem dali, porque quer falar com eles. Ele aponta para o alto da citadela. Um vulto olha para eles.

Ludicris ajuda Hankel a se levantar. Devon dá mais um passo na direção dele, perguntando por que ele não veio falar com eles. O cara responde que ele não iria se rebaixar até o nível deles. Ludicris diz que ele vai ter que deixá-los passar. Devon diz que é para ele dar licença. Ele diz que não.

Todos percebem a marca de casta do cara. Quando Devon parte para cima dele, ele etira dois bumerangues feitos de Essência nela. Hankel olha e saca suas espadas, pensando que precisa fazer um desses.

Devon consegue desviar dos bumerangues, e o cara pula para cima dela com duas short daiklaves. Hankel sai correndo na direção deles. Pata Branca voa para cima deles, se transformando em DBT.

Devon bloqueia os ataques do cara, que usa o impacto do bloqueio para voltar à sua posição original.

Ludicris ataca o cara, mas ele defende os dois golpes. Devon corre na direção dele, ameaça dar uma estocada, e, na hora em que ele esboça defesa, ela pula para trás dele, e senta a daiklave nele. O cara contra-ataca com uma rajada de daiklaveadas, mas Devon fica no lugar. Hankel e Ludicris percebem que os bumerangues estão voltando, um em Pata Branca, e outro em Devon. Eles gritam para os dois se abaixarem. Pata Branca desvia do seu, e Devon toma o dela no peito. Em seguida, o sujeito dá uma rasteira nela e a derruba. Ela cai de lado. Ludicris percebe o cara tirando alguma coisa das costas de Devon. Hankel pula enlouquecido para cima dele, mas erra todas as porradas.

Devon sai correndo na direção dele, pula para entrar com a espada no peito dele, e sai dando estocadas no cara. Os bumerangues partem para cima de Hankel, que desvia, e Pata Branca, que toma. O cara arremessa Devon para fora do Juggernaut com um golpe no chão. Ludicris sai dando porrada, Pata Branca bate loucamente, e o cara desvia de quase tudo. O cara bate de volta, e Pata Branca é jogado atras de Devon. Hankel tenta bater nele, mas ele bloqueia com as duas espadas, enterra a espada de Hankel no chão, pega alguma coisa das costas dele, grita "sayonara, suckers" e pula para fora do Juggernaut. Hankel pula atrás dele, e vê que o cara sumiu.

Uma risada macabra ecoa.

Devon está caindo e vê uma mão aparando-a. A mão também pega Hankel, ainda meio consternado pelo cara ter sumido. Pata Branca vira águia. Hankel e Devon são levados até o rosto do Juggernaut. Eles sentem ânsia por causa do cheiro.

Hankel pergunta se ele quer morrer. O bicho resmunga. Ludicris pede para ele balançar a mão se for "sim". Ele balança o cotoco que é o outro braço. Hankel diz que eles prometem matá-lo se ele os ajudar a recuperar as meninas e matar aqueles filhos da puta. Devon sugere que ele se levante para eles o matarem e ele cair de costas em cima do castelo. Ludicris e Hankel ficam argumentando com ela sobre as crianças e sobre não terminar de transformar Nexus em uma shadowland. Ludicris pergunta para o Juggernaut se ele já pensou nisso antes. O Juggernaut acena o cotoco.

Hankel ignora a conversa dos dois e pede ao Juggernaut que os ajude a derrotar o Mask of Winters e sua corja. Em troca, ele oferece matá-lo e acabar com seu sofrimento. O Juggernaut aceita e os leva para sua cabeça. Hankel se desequilibra e quase cai.

Ludicris vê os dois chegando onde ele está: Devon sussa e Hankel todo torto. Hankel começa a ir para a citadela, e Devon diz que precisa descansar um pouco. Pata Branca diz que também precisa descansar, e os três o mandam calar a boca. ENquanto Devon e Ludicris discutem sobre o uso de charms medicinais, Hankel pergunta se o Juggernaut pode andar para longe de Nexus. Ele responde que não. Ludicris pergunta se o Mask of Winters está fazendo alguma coisa para impedi-lo. Ele responde que sim.

Chega uma comitiva de umas 200 pessoas vindo da citadela. Devon vai em direção às pessoas. Parece uma comitiva de recepção. Um sujeito numa armadura de soulsteel com uma capa de escarlate vem à frente. Ele diz que eles são convidados do senhor Mask of Winters a se hospedar na citadela. Devon se segura para não partir para cima dele. Hankel pergunta o que o Mask of Winters quer com eles, e diz que ele tem algo que pertence a eles. Devon fala para Hankel para eles irem. O cara chama Pata Branca para ele ir também.

Depois de um pouco de caminhada, eles chegam à citadela. O lugar é muito sombrio e escuro. Até o fogo das tochas é meio roxo e azulado, e não ilumina direito. Eles chegam até um quarto, e o cara fecha a porta.

1 comentários:

  Nyarlathotep

qui out 18, 01:22:00 AM 2007

The neutrality of this article is disputed.

Só queria dizer que o log não reflete como o Hankel foi bafinho de não acertar nenhum ataque, além do fato de que ele não conseguiu se equilibrar na mão do Juggernaut.

Outro fato que foi omitido é que só eu fui faca na caveira de cobrir o mano de porrada, apanhar pra cacete e não levar knockback. O Pata Branca está aprendendo mas ele ainda é muleque.

O log está ficando muito subjetivo, e olha que o logador ficou "logando" enquanto discutiamos a possibilidade de derrubar o Juggernaut em cima do castelo...