28/3/06

Morto, mas nem tanto

Enquanto caçam, Hankel e Helmholtz encontram Thormen caído inconsciente. Hankel volta correndo à mansão para desativar a barreira por tempo suficiente para Helmholtz trazer Thormen para dentro.

Quando chega a meia noite, os personagens observam um clarão na direção do acampamento. Helmholtz decide ir dar uma espiada. Hankel aguarda da torre o seu sinal para o retorno. Thormen acorda.

Helmholtz observa os túmulos dos escravos mortos sendo violados. Os corpos são atirados em uma vala coletiva disposta ao longo da barreira. Helmholtz volta correndo à mansão (antes dando o sinal da flecha de fogo para o alto para Hankel desligar a barreira) e conta tudo a Hankel e Thormen. Eles decidem matar os mortos vivos que estão cavando antes que terminem o serviço.

Enfim, a pancadaria

Hankel e Helmholtz matam todos os mortos-vivos que não morreram tentando atravessar a barreira. Depois disso, as spinechains atravessam a barreira incólumes e partem pra cima dos três.

Os personagens matam as spine chains com relativa facilidade, exceto por Hankel, que fica com uma ferida infeccionante. Carrionis aparececom olhar de ódio e uma aura de morte pura para os três.

Agora fudeu.

1 comentários:

  Francisco

ter mar 28, 07:07:00 PM 2006

3 pontos de XP pra cada um, com o adicional pro Daniel pelo log.